Galinhas modificadas geneticamente ajudam a desenvolver remédios de combate ao câncer


Cientistas modificaram os animais geneticamente para produzir proteínas usadas no combate a diversas doenças.

Pesquisadores desenvolveram galinhas geneticamente modificadas capazes de botar ovos que contêm proteínas usadas no combate à artrite e a alguns tipos de câncer.

Eles esperam que a descoberta leve, um dia, à produção de medicamentos que salvam vidas com um custo muito mais baixo.

Inicialmente, as proteínas serão usadas em pesquisas, mas os testes de laboratório já mostraram que elas funcionam, pelo menos, tão bem quanto os medicamentos equivalentes.

A nova pesquisa foi desenvolvida pelo Instituto Roslin, da Universidade de Edimburgo, na Escócia, em parceria com a empresa Roslin Technologies.

Galinhas ‘paparicadas’

Segundo a pesquisadora Lissa Herron, da Roslin Technologies, as galinhas não sofrem e são mais “paparicadas” que animais criados em fazenda.

“Elas vivem em cercados bem grandes. São alimentadas, hidratadas e cuidadas diariamente por técnicos altamente treinados, elas têm uma vida bastante confortável.”

“Para a galinha, é como botar um ovo normal. Isso não afeta a saúde dela de forma alguma, é só continuar o que elas já fazem, botar ovos normalmente.”

Os cientistas já haviam mostrado que animais como cabras, coelhos e galinhas geneticamente modificados podem ser usados para produzir proteínas com propriedade terapêutica em seu leite ou ovos.

Mas os pesquisadores dizem que a nova abordagem é mais eficiente, produz resultados melhores e é mais rentável que as tentativas anteriores.

Economia

“A produção a partir dos ovos de galinha pode custar de 10 a 100 vezes menos do que das fábricas. Por isso, creio que chegaremos a um valor pelo menos 10 vezes menor que o custo total da fabricação industrial”, afirma Herron.

A maior economia vem do fato de que galpões de galinha são muito mais baratos de construir e operar do que laboratórios altamente limpos e esterilizados para produção industrial.

Muitas doenças são causadas porque nosso corpo não produz naturalmente quantidade suficiente de determinada substância química ou proteína. Problemas de saúde deste tipo podem ser controlados com medicamentos que contenham a proteína que está em falta.

Fonte: G1 Ciência e Saúde


José Francisco

José Francisco é designer gráfico, webdesigner e desenvolvedor web. Desenvolve para a web desde 2006. Atualmente trabalha na empresa de desenvolvimento e hospedagem de sites CONTATO - Soluções Internet e Mídia Interativa (www.contatoartes.com.br).

0 Comentários

Deixe o seu comentário!